quinta-feira, 30 de junho de 2011

Estreia parlamentar...


...com corte de 50% no subsídio de Natal acima do salario mínimo nacional. Anuncio de Pedro Passos Coelho aqui.

É só esperar pelo directo da tarde*

Quando, terça-feira, o Governo entregou o seu programa na AR, Maria de Belém remeteu a posição do PS para depois de uma reunião do grupo parlamentar marcada para quinta-feira. Mas hoje, no final dessa reunião, a líder parlamentar interina não abriu o jogo:




"Hoje vai ser possível fazer um comentário em debate. Agora não porque eu considero que existindo hoje uma sessão, que vai aliás ser transmitida em directo, que faz todo o sentido que nós respeitemos aquilo que é a dignidade e a importância do Plenário da Assembleia da República, portanto, a seu tempo saberão quais vão ser as nossas linhas de intervenção."

 
Maria de Belém garantiu, no entanto, que o PS não apresentará qualquer moção de rejeição como conta Natália Carvalho.




* A Antena 1 transmite em directo o debate.

Esta quinta-feira

10:00 Reunião do Grupo Parlamentar do PS, AR.

11:30 PR recebe o vice-presidente da Nokia Networks, Armando Almeida, Palácio de Belém.

12:00 Reunião da Comissão Eventual de Verificação de Poderes dos Deputados, AR.

15:00 Plenário da AR : Apresentação e Discussão do Programa do Governo.

15:30 PR recebe o Presidente da República Democrática de Timor-Leste, José Ramos Horta, Palácio de Belém.

18:30 José Barata Moura apresenta livro "Ilda Figueiredo conversa com Agostinho Santos", Associação 25 de Abril.

21:00 António José Seguro apresenta candidatura aos militantes do PS de Sintra,  Auditório da Escola Secundária Ferreira Dias, Cacém.

21:00 Francisco Assis apresenta candidatura aos militantes do PS de Lisboa, Sede PS.

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Têm consultado o Diário da República ?

Por estes dias, a Parte C do Diário da República - II Série transforma-se numa publicação de Louvores. Hoje saíram os de S. Bento.

Sem votos contra, Luis Montenegro é o novo líder parlamentar do PSD

Já está eleita a nova direcção do grupo parlamentar do PSD.

Dos 108 deputados, só um deputado não votou.

Ao que a Antena Um/Sem Embargo apurou, Fernando Nobre foi o único deputado em falta na votação. Nobre nem sequer esteve hoje na Assembleia da República, não tendo também participado na reunião do grupo parlamentar.

Dos 107 votantes, a nova direcção obteve 92 votos sim. Registaram-se ainda 11 brancos e 4 votos nulos.

Com Luis Montenegro, foram também eleitos 10 vice-presidentes: Adão e Silva, António Rodrigues, Carlos Abreu Amorim, Emídio Guerreiro, Francisca Almeida, Luis Menezes, Miguel frasquilho, Miguel santos, Pedro Lynce e Teresa Leal Coelho.

Mãos à obra

O primeiro Plenário realiza-se dia 20  de Julho com um agendamento potestativo do PCP sobre a renegociação da dívida pública.
Dias 6 e 7 tomam posse as Comissões Parlamentares.
Decisões da Conferência de Líderes. Peça

Nem só de agendamentos vive a conferência de líderes

Comissão "de" ética ou "para a" ética ? Assunção Esteves defende a segunda.
A proposta da nova Presidente da Assembleia da República para que a antiga Comissão Parlamentar de Ética passasse a ser designada por Comissão para a Ética motivou um debate teórico-filosófico na Conferência de Líderes desta manhã sobre Estado Democrático e Ética.

Esta quarta-feira

Eleições para a liderança do Grupo Parlamentar do PSD, AR.

10:00 O Secretário-Geral do PCP, Jerónimo de Sousa, participa na acção dos trabalhadores dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo.

10:00 Ministro da Defesa, José Pedro Aguiar Branco, visita Base Naval do Alfeite

12:00 Reunião da Conferência de líderes, AR.

13:30 Francisco Assis almoça com autarcas e ex-autarcas socialistas do distrito de Santarém, Restaurante Toucinho, Almeirim.

18:00 Conferência "How Facebook, You Tube and Twitter are changing our Media and our Politics" com Jonathan Taplin, ISCTE-IUL Sala C103 - transmissão em directo aqui: http://media.iscte.pt/taplin

18:15 Adriano Moreira apresenta "A Arte da Paz", de José Fontes, Salão Nobre da Academia Militar.

20:30 Reunião do secretariado do PS/Açores, Sede PS Ponta Delgada

21:00 Francisco Assis apresenta candidatura aos militantes de Setúbal, Hotel Esperança.

22:00 Diogo Freitas do Amaral é o convidado de " Conversas do Casino",  Casino da Figueira.

O que resta da Esquerda ?

A partir do livro "O que resta da Esquerda - mitos e realidades das Esquerdas no governo" de Franco Cazzola, Vieira da Silva e André Freire participaram, esta noite, num debate organizado pela  Fundação Frederich Erbert, o Clube de Reflexão A Linha e a Editora Cavalo de Ferro.

Vieira da Silva falou "do mundo de diferenças" espelhado no programa do governo entre a direita liberal conservadora e o socialismo democrático; da incapacidade da esquerda de se entender; na necessidade de se construir e reinventar o modelo social europeu.

André Freire constatou que o PS, quando governa em maioria relativa, procura entendimentos com a direita; apontou o desequilíbrio estrutural de uma direita que se consegue entender e uma esquerda que não consegue; defendeu que o PS deve fazer algum trabalho interno para conseguir "dançar o tango" com a esquerda.

A peça com as ideias principais do debate está aqui.

O Programa do Governo...

...está aqui.

É preciso que os portugueses se agarrem à solução que escolheram!


foto oficial Presidência da República
 É o apelo deixado por Cavaco Silva no dia em que o país ficou a conhecer o programa de governo: " o importante é que haja uma luz de esperança e é preciso que os portugueses se agarrem à solução que escolheram" nas eleições.

Em declarações aos jornalistas, à margem da sessão de encerramento do 8º Encontro Nacional Inovação COTEC, o Presidente da República manifestou confiança na capacidade do governo em executar o programa e o acordo assinado com a troika.

Ao defender mais exportações e menos importações como receita para cumprir os objectivos do défice, Cavaco Silva volta a repetir o apelo feito no verão passado para que os portugueses passem férias cá dentro e que, de caminho, consumam os produtos nacionais: "é uma tarefa patriótica consumir produtos portugueses". ouvir peça

terça-feira, 28 de junho de 2011

A importância de uma folha



Uma página de jornal com os rostos dos novos Secretários de Estado era indispensável nos directos desta manhã.


Lista completa da Direcção do Grupo Parlamentar do PSD

Luis Montenegro vai ter 10 Vice-presidentes na Direcção do Grupo Parlamentar do PSD.

A lista que vai a votos amanhã, já está completa.

PRESIDENTE - Luís Montenegro

VICE-PRESIDENTES:

Adão Silva
Antonio Rodrigues
Carlos Abreu Amorim
Emídio Guerreiro
Francisca Almeida
Luís Menezes
Miguel Frasquilho
Miguel Santos
Pedro Lynce
Teresa Leal Coelho

SECRETARIOS:

Carla Rodrigues
Luís Pedro Pimentel
Nuno Encarnação
Pedro Alves

Miguel Macedo explica caso Bairrão



O Ministro da Administração Interna lamenta que o nome de Bernardo Bairão tivesse saído da lista de Secretários de Estado.

No final da cerimónia de posse dos 33 Secretários de Estado, Miguel Macedo confirmou que convidou o administrador da TVI para Secretário de Estado da Administração Interna e justificou a retirada do nome de Bairrão com "razões políticas e pessoais". Razões que, no entanto, o MAI não especificou.



Sem discursos nem sessão de cumprimentos, a cerimónia de posse dos 33 Secretários de Estado, durou apenas 25 minutos.

O tempo para a jura solene e assinatura no livro de posse de cada um dos novos membros do governo. Ainda assim, a meio da cerimónia, o Primeiro-Ministro a revelar alguma impaciência, e sem conseguir resistir a olhar para o relógio.

Esta terça-feira

09:00 Ministro da Economia e do Emprego, Álvaro Santos Pereira, recebe CCP – Confederação do Comércio e Serviços de Portugal, Ministério da Economia.

09:45 Álvaro Santos Pereira recebe CIP – Confederação da Indústria Portuguesa, Ministério da Economia.

10:00 Prossegue XIX Reunião Anual Internacional de Estudos Políticos: Estoril Political Forum - "O Futuro do Mundo Livre, Estoril.

12:00 PR confere posse aos secretários de Estado do XIX Governo Constitucional, Palácio de Belém.

15:00 Entrega do Programa do Governo na AR

17:30 PR preside à Sessão de Encerramento do 8.º Encontro Nacional de Inovação COTEC Portugal, Auditório da Culturgest.

18:00 Francisco Assis apresenta candidatura aos militantes de Famalicão, Sede do PS.

21:00 Debate em torno do livro "O Que Resta da Esquerda. Mitos e Realidades das Esquerdas no Governo" de Franco Cazzola com Vieira da Silva e André Freire, Hotel Riviera, Carcavelos

21:00 António José Seguro apresenta candidatura aos militantes de Póvoa de Varzim.

21:30 Francisco Assis apresenta candidatura aos militantes de Vizela, Secção do PS-Vizela. Madrid Espanha

Em Espanha, início do Debate do Estado da Nação, no Parlamento.
Em França. início da apresentação oficial dos candidatos às primárias do PS.

Duas horas a dar autógrafos


Ex-Ministros e ex-Secretários de Estado, ex-deputados e assessores do PS, músicos e amigos encheram a sala do Tiara Park Hotel para o lançamento do livro de António José Seguro. Até João Cordeiro, o Presidente da Associação Nacional de Farmácias, lá estava. "A Dra.Margarida [mulher de Seguro] é minha colega de direcção, o Dr. Maldonado [sogro de Seguro] foi meu colega e colega do meu pai, tenho aqui muita relação", explicou.

No final, formou-se fila para o habitual autógrafo. António José Seguro esteve duas horas a assinar livros. Quem ficou para o fim, desabafava : "Até tive tempo para ler o livro..."

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Adivinhem quem apareceu


Há muito afastado do palco político, Jorge Coelho apareceu no lançamento do livro de António José Seguro mas não abriu a boca perante os jornalistas que o abordaram. O antigo homem forte do aparelho socialista aproveitou os cumprimentos - "Que surpresa!", dizia uma ex-deputada - para sair em silêncio...

Soares (neutral) ao lado de Seguro



Apesar de apresentar o livro de António José Seguro em plena campanha interna e não poupar elogios ao candidato a Secretário-Geral, Mário Soares garante que continua neutral. "É como perguntar a uma mãe que tem dois filhos, de qual gosta mais"...a imagem é do fundador do PS e pode ser ouvida aqui.

À saída da apresentação de "Compromissos para o Futuro", Mário Soares comentou ainda a derrota do PS - "faz bem uma cura de oposição" -, desejou o melhor ao novo governo - "porque acima de ser socialista sou português e patriótico"  e criticou fortemente os líderes europeus face à Grécia - "é uma vergonha o que estão a fazer com a pátria da Democracia".

Segue-se o Programa do Governo

O Programa do Governo chega terça-feira às 15:00 ao Parlamento e será discutido quinta à tarde e sexta-feira todo o dia. Decisões da reunião da conferência de líderes acompanhada por Maria Flor Pedroso.

Lista dos Secretários de Estado

A lista dos restantes 33 Secretários de Estado foi publicada na página da Presidência da República.
Ao todo são 35.

Secretário de Estado da Presidência de Conselho de Ministros - Luis Marques Guedes
Secretário de Estado Adjunto do Primeiro-Ministro - Carlos Moedas
Secretário de Estado da Cultura – Francisco José Viegas
Secretário de Estado do Orçamento – Luís Filipe Morais Sarmento
Secretária de Estado do Tesouro e das Finanças – Maria Luís Albuquerque
Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais – Paulo Núncio
Secretário de Estado da Administração Pública – Hélder Rosalino
Secretário de Estado Adjunto e dos Assuntos Europeus – Miguel Morais Leitão
Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação – Luís Brites Pereira
Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas – José Cesário
Secretário de Estado Adjunto e da Defesa Nacional – Paulo Braga Lino
Secretário de Estado da Administração Interna – Filipe Lobo D’Ávila
Secretário de Estado da Administração Patrimonial e Equipamentos do Ministério da Justiça – Fernando Santo
Secretário de Estado Adjunto do Ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares – Feliciano Barreiras Duarte
Secretária de Estado dos Assuntos Parlamentares e da Igualdade – Teresa Morais
Secretário de Estado da Administração Local e Reforma Administrativa - Paulo Simões Júlio
Secretário de Estado do Desporto e Juventude – Alexandre Miguel Mestre
Secretário de Estado Adjunto da Economia e Desenvolvimento Regional – António Almeida Henriques
Secretário de Estado do Emprego – Pedro Miguel Silva Martins
Secretário de Estado do Empreendedorismo, Competitividade e Inovação – Carlos Nuno Oliveira
Secretário de Estado das Obras Públicas, Transportes e Comunicações – Sérgio Silva Monteiro
Secretário de Estado da Energia – Henrique Gomes
Secretária de Estado do Turismo – Cecília Meireles
Secretário de Estado da Agricultura – Diogo Santiago Albuquerque
Secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural – Daniel Campelo
Secretário de Estado do Mar – Manuel Pinto de Abreu
Secretário de Estado do Ambiente e do Ordenamento do Território – Pedro Afonso de Paulo
Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde – Fernando Leal da Costa
Secretário de Estado da Saúde – Manuel Teixeira
Secretário de Estado do Ensino Superior – João Filipe Rodrigues Queiró
Secretária de Estado da Ciência – Maria Leonor Parreira
Secretário de Estado do Ensino e da Administração Escolar – João Casanova de Almeida
Secretária de Estado do Ensino Básico e Secundário – Isabel Maria Santos Silva
Secretário de Estado da Solidariedade e da Segurança Social – Marco António Costa
Subsecretária de Estado Adjunta do Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros – Vânia Dias da Silva

O Presidente da República conferirá posse aos Secretários de Estado amanhã, dia 28 de Junho, pelas 12:00 horas, no Palácio de Belém.

Líder da CGTP não está impressionado com Ministro da Economia

No primeiro encontro com o ministro da economia Carvalho da Silva insistiu no aumento do salário mínimo para os 500 euros ainda este ano.

Garantiu que a Troika não pode impor nada em matéria de legislação laboral e, muito menos, disparates.


Por enquanto o líder da CGTP diz não estar impressionado com Álvaro Santos Pereira.

Esta segunda-feira

08:30 Ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, recebe líder da CGTP, Manuel Carvalho da Silva, Ministério da Economia.

11:00 PR recebe PM - Primeira reunião semanal entre Cavaco Silva e Pedro Passos Coelho, Palácio de Belém.

15:30 XIX Reunião Anual Internacional de Estudos Políticos da Universidade Católica: Estoril Political Forum - "O Futuro do Mundo Livre", Hotel Palácio, Estoril.

16:00 Reunião da Conferência de Líderes, AR.

16:00 PR recebe o navegador açoriano Genuíno Madruga, que realizou duas voltas ao mundo à vela e em solitário, Palácio de Belém.

18:00 Reunião da Comissão Política Distrital do PSD/Porto,  Sede Distrital do PSD.

18:30 Lançamento do livro "Compromissos para o futuro" de António José Seguro com apresentação de Mário Soares,  Hotel Tiara Park Atlantic, Lisboa.

18:30 Manuel Alegre na apresentação do livro "Já uma Estrela se Levanta" de Helena Pato com prefácio de Irene Pimentel, Jardim de Inverno do São Luiz Teatro Municipal.

Grécia: Parlamento começa a debater novo plano de austeridade para o triénio 2012/2015.
Luxemburgo : Conselho de ministros da Agricultura da UE.

Louçã descobre...Sócrates!

Com humor, Francisco Louçã publicou na sua página do Facebook um jogo de futebol onde alemães e gregos se confrontam.

É um sketch produção Monty Python. Relato com legendas em português onde se destaca um jogador...Sócrates. Fica a dúvida se Francisco Louçã não terá descoberto Sócrates com algumas semanas de atraso!... pelo sim, pelo não, o Sem Embargo reproduz aqui o post de Louçã

sábado, 25 de junho de 2011

O Ministro que quer ser apenas... Álvaro

Álvaro Santos Pereira, o novo Ministro da Economia, estreou-se hoje em funções públicas na inauguração da Feira Internacional do Artesanato, na FIL.
Num estilo muito descontraído, em mangas de camisa, não quis falar de dossiers complicados, como o das privatizações, e confessou que prefere que o tratem simplesmente por Álvaro, em vez de... Senhor Ministro.
Ouvir reportagem

Este fim-de-semana

Em Lisboa:
Dia da Marinha no Tejo, integrado nas Festas de Lisboa.
08:30 – Chegada das embarcações da Marinha do Tejo e início do seu fundeamentona zona frontal ao Cais
11:30/11:45 –Discursos de António Costa, pres CML e do Chefe de Estado Maior da Armada
11:45/12:15 –Embarque dos convidados nas embarcações típicas atracadas ao Cais das Colunas;

Em Mação:
11h - Jerónimo de Sousa visita Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Mação

Em Lisboa:
16h - Inauguração oficial da 24.ª edição da FIA - Feira Internacional do Artesanato de Lisboa com Ministro da Economia Álvaro Santos Pereira na FIL, ao Parque das Nações.

Em Arcos de Valdevez:
"Concelho de Estado" homenagem a Mikhail Gorbachev (que não está presente por doença). Hoje e amanhã.
16h30 - Conferência de Mário Soares, Mohan Munasinghe, Cecília e Richard Attias, Alexander Likhotal, Luc Hardy, Irina Virganskaya, Viriato Soromenho Marques, entre outros.

Em Leiria:
17:00 - António José Seguro apresenta candidatura a militantes no Auditório da Escola Superior de Educação de Leiria.

Em Vila Franca de Xira:
18h - Apresentação do livro "A cada um o lugar: A política feminina do Estado Novo" de Irene Pimentel no Auditório do Museu do Neo-Realismo (r. Alves Redol, 45).

Em Coimbra:
21:00 - António José Seguro apresenta candidatura a militantes no Auditório do IPJ

Em Évora:
21:00 - Francisco Assis apresenta  candidatura a militantes na Arena de Évora, antiga Praça de Touros

No Domingo, no Funchal:
11h -  António José Seguro apresenta candidatura a militantes na sede do PS-Madeira (declarações à imprensa às 12:30).

sexta-feira, 24 de junho de 2011

MAI: "Em tempo de guerra não se limpam armas"

Duas horas de reunião com a Autoridade Nacional de Protecção Civil, e no final a garantia do Ministro da Admnistração Interna de que o dispositivo de combate a ncêndios que está montado, vai ser seguido ao milímetro.
Esta não é altura para fazer alterações, e Miguel Macedo não quis adiantar se no fim do Verão a Protecção Civil passará para a alçada do Ministério da Defesa, como estava previsto no programa do PSD.
Ouvir reportagem

Rui Machete à A1: PCP tem de ser razoável e Passos tem de dialogar

Rui Machete (entrevista na íntegra) - histórico social-demcrata, 71 anos, vice-PM de Mário Soares no gov de Bloco Central, várias vezes ministro - da Defesa, da Justiça e até dos Assuntos Sociais de Pinheiro de Azevedo (o escolhido por Sócrates nas Presidenciais de 76).

Machete surpreende ao afirmar que o desafio deste momento em que o país vive - para lá de baixar o défice, o desemprego, voltar a pôr a a economia a crescer - é o papel que o PCP vai desempenhar, porque alguma vez terá de mudar. E esta é uma boa altura. É preciso pedir-lhe razoabilidade porque há gente razoável no PCP que tem mais força política que eleitoral. E Pedro Passos Coelho tem de perceber isso e dialogar.

O PS também não se pode acantonar na oposição, mas Passos tem de dialogar.

Ninguém podia voltar as costas, "só por motivos de força maior" à pertença no governo.
Rui Machete não foi convidado e, se tivesse sido... aceitaria.
Apesar do salário de Ministro que afasta os melhores e de o governo ter alguns ministros "inopinados" mas dão uma alma nova.

Bem como a escolha de Assunção Esteves para PAR, parecia "uma rapariguinha".

Um cardeal na sede socialista

Apesar dos elogios que fez ao programa eleitoral do PSD, Pina Moura, o "cardeal" do governo de António Guterres, continua interessado nas movimentações internas socialistas. Quarta-feira passada era vê-lo na sede do PS à procura da Moção de Estratégia que Francisco Assis tinha entregue uma hora antes. Mas apenas para leitura : "Apoio o Seguro", garantiu.

O Luís, de Sócrates, está com Seguro

As candidaturas a Secretário-Geral do PS têm um espaço na sede socialista onde tratam da respectiva campanha. A de Francisco Assis é à esquerda. A de António José Seguro, à direita. Esta, pelo menos a avaliar pelos momentos de espera que os jornalistas têm passado na recepção nos últimos dias, é a mais movimentada. E, um dia depois do governo de Sócrates ter deixado funções, já Luis Bernardo, o ex-assessor de imprensa de José Sócrates, estava na sede a colaborar com o "Tozé". Como se sabe, Seguro e Sócrates não morrem de amores um pelo outro...

Esta sexta-feira

Na rádio pública:
10h15 - Entrevista a Rui Machete na Antena1

Em Lisboa:
11h - Miguel Macedo, MAI, reúne-se com a Autoridade Nacional de Protecção Civil para avaliar meios para o combate aos incêndios nas instalações da ANPC (Avenida do Forte - Carnaxide).

15h - Ilda Figueiredo, eurodeputada do PCP, dá conferência de imprensa sobre as conclusões do Conselho Europeu que continua esta 6ªf.

Em Viana do Castelo:
12h - Pedro Soares, antigo deputado do BE reúne-se com a Comissão de Trabalhadores dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo

Em Gaia:
20h - Miguel Relvas. Ministro dos Assuntos Parlamentares, participa em jantar comemorativo do S. João com Luis Filipe Menezes, Fernando Nogueira, António Oliveira e Guilherme Pinto.

Em Setubal:
21h - António José Seguro apresenta "O Novo Ciclo" aos militantes do PS, Auditório da Associação de Socorros Mútuos.

Em Faro:
21h -Francisco Assis apresenta "A Força das Ideias" aos militantes do PS, Escola de Hotelaria e Turismo de Faro.

Um ministro a trabalhar

No MNE, a despacho com o meu Chefe de Gabinete

                  Foto e legenda publicadas esta noite na conta de Paulo Portas no Facebook.

Estreia europeia

Foto do Conselho da União Europeia

Pedro Passos Coelho viajou de económica para Bruxelas - como será "sempre nas minhas viagens dentro da Europa", disse o PM garantindo que a informação do downgrade dos bilhetes não tinha saído do seu gabinete - e reuniu-se com Durão Barroso. O presidente da Comissão Europeia mostrou-se disponível para antecipar fundos estruturais. Passos Coelho disse que nem o Governo nem o Parlamento vão ter férias para que nos próximos dois meses avancem as medidas da Troika e anunciou a intenção de reprogramar os fundos.

A partir do noticiário das 19:00 aqui pode ouvir o que Passos Coelho prometia levar ao Conselho Europeu.

Resultados do 1º dia aqui.
PM sublinhou a diferença entre as realidades portuguesa e grega. Aqui
A imagem que Passos Coelho deixou segundo Durão Barroso aqui.

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Esta quinta-feira

Em Bruxelas:
12h15 - PM Pedro Passos Coelho reúne-se com o pres. da CE, Durão Barroso no edifício Berlaymont. Uma hora depois, há conferência de imprensa conjunta.

14h - Pedro Passos Coelho participa na reunião do Partido Popular Europeu

Hoje e amanhã reúne-se o Conselho Europeu em Bruxelas, no qual o Primeiro-Ministro empossado esta 3ªfeira participa pela primeira vez, com a seguinte agenda:
                  1. Política económica europeia. A coordenação dos Estados membros.
                      Os programas de estabilidade e convergência. A questão grega.
                  2. Política de migrações.
                  3. Processo de adesão da Croácia
                      - A integração dos ciganos
                  4. Confirmação da nomeação de Mario Draghi, gov. Banco de Itália, para suceder a Jean-                      Claude Trichet a 1 de nov.

Em Lisboa:
17h30 -  Presidente de Cabo-Verde, Pedro Pires, encontra-se com comunidade cabo-verdiana, na antiga Fil (parte, depois de jantar, para a Cidade da Praia)

Em Portimão:
21h00 - António José Seguro apresenta candidatura a militantes no Teatro Municipal de Portimão

Em Leiria:
21h00 - Francisco Assis apresenta a candidatura aos militantes no Auditório do Instituto da Juventude de Leiria.
(Acaba o prazo de apresentação de candidaturas à liderança do PS e de moções de estratégia)

Em Jerusalém:
19h00 (Hora local) - Jean-Claude Trichet convidado das conferências da presidência israelita - "Decisões no limiar do amanhã", na Univ de Jerusalém.

Louçã deve sair mas pode ficar, diz Portas

Miguel Portas também eurodeputado, numa entrevista ao "í" de Nuno Ramos de Almeida e resumida aqui por Alexandra Costa, considera que os 4 fundadores devem saír para dar lugar a outra geração, na prática, diz, só faltam Francisco Louçã e Luís Fazenda (eleito esta semana líder parlamentar).

No entanto, ouvido pela Antena1, por Rosa Azevedo, Miguel Portas considera que Louçã não está agarrado ao lugar. E mais, tem toda a legitimidade para continuar a ser coordenador do Bloco de Esquerda.

Sobre o caso Rui Tavares, Portas lamenta, mas esta 4ªfeira foram conhecidas declarações do líder dos Verdes europeus, Cohn-Bendit, um dos rostos do Maio de 68 (aqui na tradução portuguesa) a afirmar que Rui Tavares falava com a sua bancada no Parlamento europeu há dois meses.

O deputado, que sempre foi independente, Rui Tavares, desmente ouvido por Luís Ochôa, correspondente da A1 em Bruxelas.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

A primeira ronda nas Necessidades

A título excepcional, porque, justificou Marco António Costa, "o PM ainda está em fase organizativa do governo a preparar iniciativas relevantíssimas", as reuniões do Governo com os Partidos e os Parceiros Sociais que sempre antecedem um Conselho Europeu realizaram-se, não em S. Bento, mas com o Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros no Palácio das Necessidades.

O PSD foi o primeiro a ser recebido. Delegação: Marco António Costa, Manuel Rodrigues, Luis Montenegro e Braga de Macedo que, por ter saído mais cedo da reunião, não ficou na fotografia.



O PSD disse ter sugerido ao governo que no Conselho Europeu sublinhe as diferenças entre a realidade portuguesa e grega: Nós temos paz social e um governo novo.

O PS, a seguir, garantiu coincidência com o governo a nível de de entendimento e de preocupação com os objectivos a atingir em Bruxelas.



Maria de Belém reafirmou a intenção do PS de cumprir o memorando da Troika e o calendário previsto.

O CDS foi o terceiro.


Luis Queiró defendeu o rápido avanço das medidas previstas no memorando e afirmou-se convencido de que Portugal não viverá dias gregos.

PCP, BE e Verdes tiveram reuniões mais curtas. Os três defenderam a renegociação da dívida pública.


Vasco Cardoso da Comissão Política do PCP disse que a atitude patriótica que o governo poderia tomar neste Conselho Europeu seria propôr isso mesmo. E admitiu o aumento da contestação social.

Sobre isso, Luis Fazenda, líder parlamentar do Bloco de Esquerda, não tem dúvidas.


Questionado sobre a entrevista de Miguel Portas ao I - em que este defendeu a saída da direcção do BE dos quatro fundadores - Fazenda não quis comentar.

Os Verdes foram os últimos da ronda da manhã e defenderam medidas alternativas para "pôr a Europa no bom caminho".

Pausa para Almoço

Esta quarta-feira

10:30 Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, recebe Partidos e Parceiros Sociais, no âmbito da preparação do Conselho Europeu (10:30 PSD ; 11:00 PS ; 11:30 CDS ; 12:00 PCP ; 12:30 BE ; 13:00 VERDES ; 15:30 UGT ; 16:00 CGTP ; 16:30 CCP ; 17:00 CIP ; 17:30 CAP ; 18:00 CTP ), Palácio das Necessidades.

11:00 PR recebe Presidente de Cabo Verde, Pedro Pires, Palácio de Belém.

21:00 António José Seguro apresenta "O Novo Ciclo" a militantes do PS da Região Oeste, Auditório da ACIRO, Torres Vedras.

"Manso é a tua tia, pá !"

Lembram-se deste debate quinzenal entre José Sócrates e Francisco Louçã ?
Sócrates parece que adivinhava o que viria a seguir...A piada corre no Bloco de Esquerda desde que Vitor Gaspar foi o escolhido para Ministro das Finanças do PSD. É que o sucessor de Teixeira dos Santos é primo de Francisco Louçã...filho da tia do coordenador do BE.

Uma mulher à frente da bancada do PS

A nova direcção interina do PS na 1ª fila
Ministros e Secretários de Estado do PS que saíram Deputados do Palácio da Ajuda (José Sócrates renunciou ao mandato) seguiram para a Assembleia da República para uma reunião da bancada. Sem divulgação pública, destinava-se esta a eleger a nova direcção interina. No Auditório do Edifício Novo, os deputados faziam fila para votar o nome de Maria de Belém para Presidente e António Braga, Renato Sampaio, Ricardo Rodrigues, Sónia Fertuzinhos, Odete João e Mota Andrade para Vices. Resultados: Dos 73 que votaram, houve 59 a favor, 10 contra e 4 brancos. Peça

terça-feira, 21 de junho de 2011

"Dêem-me uns dias para aterrar"...

...pediu o novo Ministro da Educação, Nuno Crato, ao ser questionado pelos jornalistas à saída do Palácio da Ajuda.

A maioria não falou depois da tomada de posse à excepção de Miguel Relvas, o novo Ministro dos Assuntos Parlamentares, que considerou realistas os discursos do PR e do PM e Álvaro Santos Pereira, o novo Ministro da Economia, que já na véspera apresentara a concertação social como sua prioridade.




Sem travão na língua, na rua, pouco antes do início da cerimónia, apareceram os Homens da Luta e meia duzia de activistas com uma faixa "Democracia Já".


PR e PM em uníssono: "Portugal não pode falhar"

Ao meio dia, rigorosamente, Pedro Passos Coelho, fez o juramento como PM do XIX Governo Constitucional.
O mais pequeno da democracia e o mais jovem (média de idades 47).

Tanto o Presidente da República como o Primeiro-Ministro empregaram a mesma frase: "Portugal não pode falhar".
Cavaco Silva quer um governo resistente, mas que tem de saber ser dialogante com outras forças políticas.

Simbolicamente, o PM decidiu prescindir dos governadores civis que entretanto já foram pedindo a exoneração e garantiu que Portugal não pode viver na "embriaguez da dívida".
Teixeira dos Santos, Ministro cessante das Finanças, fez questão de falar para elogiar o seu sucessor.
Pedro Silva Pereira, antigo Ministro da Presidência, só quis deixar felicidades.

Assunção Esteves "Tenho amigos em todas as bancadas"

Parlamento de pé, do Bloco ao CDS, aplaudiu a nova Presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves.
Ouviu elogios de todo o lado, Maria de Belém, lider parlamentar interina do PS, até disse que Assunção sempre foi a "nossa" primeira escolha. Intervenção que o PSD aplaudiu.

Bernardino Soares, lider parlamentar do PCP lembrou as raizes transmontanas da nova Presidente não esquecendo a sua determinação no referendo a favor do Sim na IVG.

Depois do dia de ontem, esta tarde o Parlamento suspirou de alívio.

Assunção Esteves: a primeira mulher PAR

Com 186 votos, excedendo largamente os 132 votos da maioria PSD/CDS, Assunção Esteves, deputada pelo PSD entrou esta tarde na história parlamentar portuguesa, ao tornar-se na primeira mulher Presidente da Assembleia da República.

Com 54 anos, Assunção Esteves foi a mais jovem Juiz do Tribunal Constitucional, foi também eurodeputada, tendo sido eleita deputada, pela primeira vez, em 1987. Foi também presidente da chamada 1ª comissão: a comissão parlamentar de Assusntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias.

Esta terça-feira

12:00 Tomada de posse do Governo, Palácio da Ajuda.

14:00 Ministro das Finanças e Secretário de Estado Adjunto do Primeiro-Ministro reunem-se com representantes da Troika.

14:00 Fim do prazo para apresentação do candidato a Presidente da Assembleia da República, AR.

16:00 Conselho de Ministros - primeira reunião.

16:00 Sessão Plenária da Assembleia da República, AR.

18:30 Apresentação do livro "O Fim da Ilusão" de Medina Carreira, Hotel Sheraton, Lisboa.

O (a) senhor(a) que se segue...


Guilherme Silva ou Mota Amaral.

"A solução passa pelas ilhas"  - vaticinava, um deputado social democrata, ao apontar estes dois nomes para substituir a candidatura de Fernando Nobre à Presidência da Assembleia da República.

São, de facto, estes, os nomes que geram maior consenso dentro do PSD. Guilherme Silva, o preferido do CDS. Mota Amaral, a merecer mais elogios no PS.

Mas, no PSD, admitem-se terceiras vias. "Há mais opções que estão a ser equacionadas", segundo garantiram fontes social democratas, contactadas pela Antena Um. Peça

Paulo Mota Pinto e Teresa Morais são os nomes mais falados dentro do grupo parlamentar do PSD.

Pedro Passos Coelho convocou para esta manhã, antes da posse do Governo, uma reunião da Comissão Permanente, para tomar uma decisão.

Marcelo enganou-se

Acontece: o comentário de Domingo na TVI de Marcelo Rebelo de Sousa.

A forma feminina de comunicar...

Bernardino Soares é de novo o líder do grupo parlamentar do PCP, agora, com dois vices: António Filipe e João Oliveira.

   Nuno Magalhães foi eleito por unanimidade líder da bancada  do CDS.

Luis Fazenda vai ficar à frente do grupo parlamentar do BE, com João Semedo como vice.

Heloísa Apolónia é a líder da bancada dos Verdes.

Luis Montenegro anunciou a sua candidatura para presidir ao gp do PSD, com eleições marcadas para dia 29.

E no PS ? Tudo indicava que fosse Maria de Belém a reunir o consenso dos dois candidatos a Secretário-Geral mas a deputada,  no final na reunião desta manhã da bancada, mostrou-se evasiva...Assim (para entendidos em comunicação feminina).

segunda-feira, 20 de junho de 2011

A primeira derrota de Passos Coelho

De manhã, à chegada ao Parlamento, Pedro Passos Coelho dizia estar confiante na eleição de Fernando Nobre. O candidato à Presidência da Assembleia da República mostrava-se sereno e tranquilo. A questão foi discutida na reunião do Grupo Parlamentar do PSD acompanhada por Natália Carvalho e o CDS, através de João Almeida, anunciava que os seus deputados iriam votar em branco. Paulo Portas explicava o desacordo da coligação.

Às 15 horas, depois de aprovado o relatório da comissão de verificação de poderes, os deputados votaram. Resultado: 106 votos a favor, 101 brancos, 21 nulos.


Falhada a eleição por 10 votos, Nobre foi à segunda volta... e ainda teve menos um voto que na primeira: 105 votos favoráveis, 101 brancos, 22 nulos. (Como a bancada do PSD tem 108 deputados, regista-se que nem todos os sociais-democratas deram o Sim a Nobre. Os dois deputados que faltaram à votação eram socialistas).


Depois de uma reunião com Pedro Passos Coelho, Miguel Relvas e Miguel Macedo, Fernando Nobre dirigiu-se aos Passos Perdidos e anunciou aos jornalistas a sua desistência, não respondendo a perguntas. Peça de Madalena Salema.
No Plenário, Miguel Macedo lamentou e agradeceu ao deputado, aplaudido apenas pela bancada do PSD - Paula Teixeira da Cruz foi a primeira a levantar-se para o aplaudir de pé arrastando assim o restante grupo parlamentar.
Já lá fora, Pedro Passos Coelho fez tambem uma curta declaração, sem perguntas, para lamentar a oportunidadde perdida de ter "um verdadeiro independente" à frente do Parlamento.

Até às 14 horas de terça-feira, o PSD terá de  apresentar novo candidato para ser votado na sessão marcada para as 16 h. Nessa altura, já o novo governo tomou posse pelo que a composição do Parlamento será diferente daquela que hoje não elegeu o primeiro candidato proposto pelo líder da maioria.

Esta segunda-feira


Foto AR

10:00  Primeira Sessão Plenária da XII Legislatura - Constituição de Mesa Provisória e apresentação e votação do Projecto de Resolução n.º 1/XII/1.ª (PPD/PSD, PS, CDS-PP, PCP, BE e PEV) – Constituição de uma Comissão Eventual de Verificação de Poderes dos Deputados Eleitos.

13:00 Fim do prazo para os Grupos Parlamentares indicarem os candidatos à Presidência da AR, restantes membros da Mesa e Conselho de Administração.

15:00 Leitura do Relatório da Comissão Eventual de Verificação de Poderes dos Deputados Eleitos; Eleição do Presidente da AR, dos Vice-Presidentes, Secretários, Vice-Secretários e do Conselho de Administração.

(Em 2009, o primeiro dia da última Legislatura foi assim: Peça)

domingo, 19 de junho de 2011

E o apoio vai para... António José Seguro

A corrente de opinião Esquerda Socialista decidiu apoiar António José Seguro na corrida à liderança do PS.
Fonseca Ferreira disse que a hipótese de avançar com um candidato próprio ainda foi ponderada, mas os socialistas reunidos em Lisboa, chumbaram-na.

O resultado da votação foi o seguinte:
Votos nulos - 4
Votos brancos - 2
Apoio a Francisco Assis - 2
Apoio a António José Seguro - 32

sábado, 18 de junho de 2011

Convenção extraordinária ou antecipada? Nenhuma.

A Mesa Nacional do Bloco de Esquerda reuniu-se hoje, pela primeira vez, desde a Convenção realizada em Maio.

Pelo meio, as eleições legistativas deixaram o BE com metade dos deputados na Assembleia da República.
Vozes críticas pediam uma Convenção Extraordinária, mas esse pedido não chegou à reunião da Mesa, garante o coordenador do BE, Francisco Louçã.
Ouvir peça

sexta-feira, 17 de junho de 2011

'Major' Tomé à A1: "BE não nasceu para ter piada"

Mário Tomé encontra causas externas para a derrocada eleitoral do BE, por isso diz que o eleitorado teve medo da proposta do BE que era a única não radicalona possível. E felizmente que o BE já não tem piada, porque não nasceu para isso, quando estava nas causas fracturantes que ele não acha.

A entrevista na íntegra aqui.

Já há Governo!

São 11 e tomam posse na 3ªfeira, dia 21.
Pedro Passos Coelho informou o PR à hora de almoço antes de falar com Sócrates às 4 da tarde.

A saber:

Vitor Gaspar

Ministro do Estado e das Finanças – Vítor Gaspar -será nº2 do Governo de coligação PSD/CDS (independente)

Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros – Paulo Portas (CDS)

Ministro da Defesa Nacional – José Pedro Aguiar Branco  (PSD)

Ministro da Administração Interna – Miguel Macedo  (PSD)
Ministra da Justiça – Paula Teixeira da Cruz  (PSD)

Ministro-Adjunto e dos Assuntos Parlamentares – Miguel Relvas  (PSD)



 
Álvaro Santos Pereira

Ministro da Economia e do Emprego – Álvaro Santos Pereira (independente)

Ministra da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território – Assunção Cristas (CDS)

Ministro da Saúde – Paulo Macedo (independente)

Ministro da Educação, do Ensino Superior e da Ciência – Nuno Crato (independente)

Ministro da Solidariedade e da Segurança Social – Pedro Mota Soares (CDS)

Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros – Luís Marques Guedes
Secretário de Estado Adjunto do Primeiro-Ministro – Carlos Moedas
Francisco José Viegas - Secretário de Estado da Cultura na dependência do PM (independente)

Jaime Gama garante: "Não tenho segunda agenda!"




Jaime Gama, sem uma palavra para gravadores ou câmaras, disse tudo o que tinha a dizer na última Conferência de Líderes. Ouviu elogios de todos. Do relato feito, não houve referências a Fernando Nobre, como pode ouvir aqui.

Soares satisfeito com a derrota do...PS e "Cunhal teria falado com a Troika"

Mário Soares, em conferência em francês na Fundação que tem o seu nome, não podia ser mais claro. Como pode ouvir na peça de Madalena Salema.

Sobre a Europa, é definitivo: já não há Europa.

AR regressa ao trabalho 2ª feira

Está tudo a postos para a primeira sessão parlamentar na próxima 2ª feira. O agendamento foi confirmado na reunião da Conferência de Líderes, esta manhã.
A composição não sertá a definitiva, já que os ministros e secretários de estado que foram eleitos deputados ainda não vão poder tomar posse.
Primeira tarefa, que se antevê difícil: eleger o Presidente da Assembleia da República. O PSD mantém a candidatura de Fernando Nobre.
Ouvir reportagem

PCP concretiza proposta para renegociação da dívida

É a primeira iniciativa parlamentar do PCP: Um Projecto de Resolução para renegociar a dívida pública e incentivar a produção nacional.
Os comunistas querem que seja feita uma avaliaão rigorosa da dívida e que sejam estabelecidadas metas realistas para o pagamento. Bernardino Soares, o líder parlamentar, dá como exemplo a solução encontrada para a Alemanha, no pós-guerra.
Ouvir peça

É da praxe, diz António Costa




Depois do Secretariado do PS (com Francisco Assis) ter decidido dar indicação ao grupo parlamentar para votar contra a candidatura de Fernando Nobre à Presidência da Assembleia da República, António Costa defendeu o contrário na SIC.

Esta sexta-feira

10:00 Mário Soares em Seminário sobre Política e Economia em Portugal, Fundação Mário Soares.

10:30 PAR Jaime Gama recebe o Conselho de Fiscalização do Sistema de Informações da República Portuguesa, para entrega do Relatório Anual de 2010.

11:00 Conferência de imprensa do líder parlamentar do PCP, Bernardino Soares, sobre renegociação da dívida, AR.

11:30 Sessão de cumprimentos de despedida do PAR Jaime Gama aos Dirigentes de Serviços, Auditor Jurídico e Segurança da Assembleia da República, Sala de Visitas AR.

12.00 Conferência de Líderes, AR.

12:15 Reunião de Almeida Santos com Francisco Assis e António José Seguro, Sede do PS.

17:00 Carlos César reune-se com Francisco Assis, Sede PS.

21:45 Francisco Assis discute linhas orientadoras da candidatura a Secretário-Geral do PS com militantes de Santarém, Edifício Pirâmide, Abrantes.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

E o interino é... (2ª parte)

Foto PS

Já está marcada para amanhã às 12:15 uma reunião com Almeida Santos, Francisco Assis e António José Seguro para tratar do líder parlamentar interino. A decisão de remeter para esta "troika" foi tomada, esta tarde, pelo Secretariado Nacional. Peça



Foto PS
Sem surpresas, o Secretariado confirmou ainda o Não do PS à candidatura de Fernando Nobre à Presidência da Assembleia da República. "Nobre  não reune condições para exercer tão importante cargo" explicou Fernando Medina.

O porta-voz do socialista confirmou tambem que do ponto de vista político, a questão dos votos do Rio de Janeiro "é assunto encerrado". Tambem o PS tem pressa em ver o novo governo em funções.

José Sócrates já não participou nesta reunião. À hora em que o Secretariado concluia os seus trabalhos, o Primeiro-Ministro participava no último encontro das quintas-feiras com o Presidente da República. Este estava marcado para as 17:00. Sócrates entrou em Belém quase 20 minutos depois.




Jorge Sampaio espera que "Governo esteja à altura das responsabilidades"

À margem da apresentação do livro "Os Governos da República", na Câmara Municipal de Lisboa, o antigo presidente Jorge Sampaio falou das expectativas àcerca do Governo de coligação PSD/CDS.
Ouvir aqui

Sampaio sublinhou as imensas dificuldades que o país enfrenta e disse esperar que "o esforço seja para todos, e bem repartido".

Convenção extraordinária no BE? Talvez...

Gil Garcia, da corrente Ruptura/FER, vai formalizar a proposta para a realização de uma convenção extraordinária, e diz esperar "bom senso" por parde da direcção do Bloco de Esquerda.
O assunto estará em discussão na reunião da Mesa Nacional no próximo sábado mas, João Semedo, deputado e membro da comissão política, já disse que é uma possibilidade em aberto. Ouvir reportagem 

Votos Rio de Janeiro: PS não recorre ao TC

A decisão foi anunciada esta tarde em comunicado assinado pelo mandatário do PS para o Círculo Eleitoral Fora da Europa, António Braga*, "o Partido Socialista anuncia que irá analisar outras vias adequadas que não o recurso ao Tribunal Constitucional para efeitos de julgamento dos factos, bem como proceder a uma análise sólida e coerente dos argumentos que permitam que seja efectuada uma alteração do modelo de votação por correspondência". Peça

* nos dias que correm, esta informação é fundamental no PS

Pode assinar

Na reunião de ontem à noite, em que a comissão política do CDS deu carta branca ao seu líder Paulo Portas para assinar, esta manhã, o acordo político e programático com Pedro Passos Coelho, não houve uma palavra sobre a orgânica e a composição do novo governo. Peça de Madalena Salema

E o interino é...

Almeida Santos convocou o Secretariado Nacional do PS para uma reunião esta tarde.António José Seguro foi convidado para participar mas recusou. Francisco Assis, que pediu ao Presidente do partido para tratar da sua substituição na liderança do grupo parlamentar, vai como sempre - é membro daquele órgão. Ouvir peça.


Do dia de ontem:
A candidatura de Seguro criticou a presença de Assis na delegação socialista recebida pelo Presidente da República. Assis disse que esse foi o seu último acto como líder do grupo parlamentar. Em Belém, afirmou que o PS não iria recorrer ao TC por causa dos votos do Rio de Janeiro entrando em polémica com José Lello, seu apoiante, que anunciou o contrário.
Mário Soares garantiu que não se vai envolver na campanha interna elogiando os dois candidatos  "são pessoas extremamente estimáveis, muito bem preparadas, muito inteligentes e pessoas sérias, o que é importantíssimo".
À noite, a candidatura de Seguro anunciou o apoio de João Azevedo, o líder do PS-Viseu, que na semana passada figurava na lista dos apoios anunciados por Assis...

Esta quinta-feira

10:30 Jerónimo de Sousa recebe delegação das Associações Profissionais de Militares, Sede PCP.

10:30 Conselho de Ministros (não há conferência de imprensa)

11:00 Assinatura do Acordo Político e Programático PSD-CDS, CS Vintage Lisboa Hotel  (transmissão em directo na Antena 1).

11:00 Reunião do grupo parlamentar do BE, AR.

15:00 PAR Jaime Gama recebe Embaixador da Sérvia em Lisboa, AR.

16:00 Reunião do Secretariado Nacional do PS, Sede PS.

17:00 PR recebe PM.

18:00 Associação 25 de Abril e Movimento 12 de Março organizam debate sobre Democracia, Sede Associação 25 de Abril.

18:30 Jorge Sampaio apresenta obra "Os Governos da República 1910-2010", Camara Municipal de Lisboa.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Mário Soares e o novo ciclo político

Numa conferência sobre Marrocos, esta manhã no hotel Tivoli, Mário Soares começou por falar da Primavera Árabe, passou pela grave crise internacional e terminou no novo ciclo político português. O ex-PR disse que há condições para se estar optimista, que as coisas deverão correr bem com o novo governo, e que o PS deverá cumprir o memorando que assinou com a troika. "Colaborando com o governo ?" perguntaram-lhe. "Não, não, colaborar é uma coisa, cumprir é outra !" disse a rir Mário Soares. Ouvir peça

Passos Coelho bate-se por Fernando Nobre


Pedro Passos Coelho confirma que não houve entendimento entre o PSD e CDS para a eleição do Presidente da Assembleia da República.

Passos Coelho justifica que é um homem de palavra e por isso não abdica da candidatura de Nobre, pelo que o processo de eleição do PAR vai ficar fora do acordo político que os dois partidos vão assinar amanhã.

Sem demoras, assim que o líder do PSD saiu do Palácio de Belém, a Presidência da República divulgou uma nota a anunciar a indigitação de Pedro Passos Coelho para o cargo de Primeiro-Ministro.

Momentos antes, à saída da audiência com Cavaco Silva, Passos Coelho confirmou que o acordo político entre o PSD e o CDS é assinado amanhã, quinta-feira, e que o Presidente da República será o primeiro a conhecer os nomes dos novos ministros.

PS vs PS: Assis garante que PS não vai recorrer ao TC


A delegação do PS que foi a Belém:
Francisco Assis, Tiago Silveira e Vitalino Canas
 A garantia foi deixada por Francisco Assis no final da audiência com o Presidente da Assembleia da Republica: o PS não vai levar a polémica dos votos do Brasil ao Tribunal Constitucional.

Francisco Assis sublinhou o PS não vai colocar nenhum entrave que faça atrasar a posse do governo prevista para o inicio da próxima semana.
Ao contrário do que disse esta manhã à Antena1 José Lello. Já ontem, à saída da Conferência de Líderes, Jorge Lacão ainda Ministro dos Assuntos Parlamentares, esperava que não houvesse incidentes.

Fernando Nobre fica fora do acordo político



PSD e CDS não chegaram a entendimento sobre a eleição do presidente da Assembleia da República. A revelação foi feita pelo próprio líder do CDS à saída da audiência, em Belém, com o Presidente da República.
Paulo Portas confirmou que já está fechado o acordo político, assim como as bases programáticas e desvalorizou a falta de entendimento entre os dois partidos para a eleição de Fernando Nobre ao sublinhar que essa matéria não é essencial para a governação.

Passos Coelho é indigitado esta Quarta-feira

A decisão será anunciada por Belém depois do Presidente da República terminar as audições aos partidos.

Ontem foram os Verdes, o Bloco e o PCP. Para esta manhã estão marcadas reuniões com o CDS, PS e, por último, o PSD.

Passos Coelho é indigitado, mas já podia ser nomeado. Nada na lei o impede, só que, nesse caso, tinha de apresentar o programa do governo no Parlamento, até ao dia 25.


Ficando a nomeação para mais tarde, Pedro Passos Coelho, ganha alguma folga no calendário apertado dos próximos dias. Ouvir peça

Esta quarta-feira

10:00 PR recebe CDS.

10:00 Início da contagem dos votos dos eleitores residentes do estrangeiro, Complexo Desportivo do Casal Vistoso, Lisboa.

10:30 Mário Soares em Conferência "Marrocos em Movimento", Hotel Tivoli, Lisboa.

11:00 PR recebe PS.

12:00 PR recebe PSD.

18:00 SEDES-Primeiro dos debates do Regime - "Portugal Que Futuro? " com Mota Amaral, Sedes, Lisboa.


21:00 Reunião da comissão política do CDS

terça-feira, 14 de junho de 2011

Eleição do novo Presidente da AR prevista para segunda-feira

A conferência de líderes volta a reunir-se sexta-feira ao meio-dia para tomar a decisão definitiva mas, se não houver incidentes ( entenda-se impugnação de resultados eleitorais e/ou recurso contencioso para o Tribunal Constitucional na sequência do apuramento dos votos do círculo da emigração, esta quarta-feira) a primeira reunião plenária da nova Legislatura será segunda-feira às 10 horas. A Assembleia da República aguarda "apenas" a acta de apuramento dos resultados, explica Luis Montenegro do PSD.

Guilherme Silva

Depois de uma manhã de verificação de poderes dos mandatos, os deputados escolhem à tarde o novo Presidente da Assembleia da República...

Certo, certo é quem vai presidir ao início dos trabalhos. Com Jaime Gama fora do Parlamento, o PSD propôs que fosse o seu vice-presidente da última Legislatura a fazê-lo: Guilherme Silva.

O ainda Ministro dos Assuntos Parlamentares, Jorge Lacão, participou no início da conferência de líderes desta tarde para se despedir...e à saída desejou "as maiores felicidades políticas àquela nova maioria que vai agora governar o país". 

Portas pede mandato para assinar acordo com Passos que Cavaco foi o primeiro a saber

Amanhã à noite, Paulo Portas chama a Comissão Política do CDS ao Caldas, em busca de mãos livres para assinar o acordo com Pedro Passos Coelho diz Madalena Salema aqui, acordo de Governo maioritário que já está feito, como conta Natália Carvalho.

Ultrapassadas assim as 20 divergências programáticas notadas por Marcelo Rebelo de Sousa no domingo passado na TVI.

Ao fim da manhã, o PR recebeu Pedro Passos Coelho, que saiu sem deixar palavra de viva voz aos jornalistas em Belém.

À tarde, Cavaco Silva, o Presidente, ouviu os Verdes com Francisco Madeira Lopes a esperar que não haja atrasos na publicação dos resultados eleitorais, o BE quer ver Passos Coelho o mais rapidamente possível PM como disse Francisco Louçã e o PCP também quer acelerar processos, afirmou Jerónimo de Sousa.

O Manual do Deputado


Foto AR

Qual o vencimento de um deputado ? Quanto ganha em ajudas de custo ? E em subsídio de transporte ? Quantas faltas pode dar ?  Que documentos deve levar no dia da tomada de posse na Assembleia da República ?  O Deputado tem descontos nas viagens em território nacional ?  A quem deve declarar o seu património ? A resposta a estas e outras perguntas podem ser encontradas aqui.